11 3284-2111
Análise do Efeito Contrário

Não podemos confundir Análise do Efeito Contrário com Planejamento de Risco Futuro onde se estimam os riscos possíveis, prováveis e remotos. Nesse contexto de Planejamento de Riscos Futuros, a empresa mantém em seu setor jurídico a prática de verificação responsável em detrimento a devida proteção da empresa e de seus acionistas e gestores.

Com base nessa análise de riscos, por sinal muito importante e complexa, a empresa poderá estimar o quanto de riscos em processos e situações jurídicas poderão afetar a empresa e seu balanço.

A Análise do Efeito Contrário também pode ser baseada em prevenção de riscos, logicamente, mas não somente nisso, tal conceito finca na condição contrária, adversa do ponto de vista jurídico processual. 

A Análise do Efeito Contrário em síntese, obriga o advogado a simular defesas e ataques em face do próprio cliente, verificando quais seriam as respostas legais e, em que intensidade. Tudo se baseando em simulações concretas, as quais abrirão um leque de opções de cunho estratégico onde poder-se-á estruturar bases firmes e expressivas numa contenda.

Entre em contato com a Morad.